Nikon AF-S Nikkor 14-24mm f/2.8G ED

A melhor grande angular full frame

Julho/2014 – A Nikon AF-S Nikkor 14-24mm f/2.8G ED é uma zoom ultra grande angular topo de linha pensada para a era digital. Apresentada em agosto de 2007 ao lado do primeiro corpo FX (D3) deste fabricante, tornou-se benchmark em desempenho óptico com resolução nunca vista antes numa wide angle, inclusive as primes. Com ângulo de visão retilíneo e variável entre 114º e 84º, é considerada uma lente “specialty”. A abertura é pré-requisito para mantê-la na lista de elite f/2.8, e por isto os elementos são gigantes: o da frente tem ø98mm de diâmetro e ela pesa quase 1kg. Se a Nikon tivesse uma “série L”, a 14-24mm com certeza faria parte. Não é para todos os dias e exige técnica para os melhores resultados. Será que é para você? Vamos descobrir! (english)


CONSTRUÇÃO E OPERAÇÃO

Nikon AF-S Nikkor 14-24mm f/2.8G ED

Com 14 elementos em 11 grupos, a Nikon AF-S 14-24mm ED é um baita projeto óptico complexo para atender a especificação f/2.8G. São aproximadamente 969g de vidro, metal e plástico, com design característico de outras UWA que já vimos por aqui. O elemento frontal convexo é enorme e frágil, mas protegido por um hood embutido infelizmente de plástico, que evita contato desta superfície com os dedos. Ele é relativamente inútil contra flaring: ainda conseguimos ver parte do elemento dos lados e tenho usado as mãos para tapar a luz. Internamente são dois vidros ED, três asféricos, e o da frente recebe o nano coating do lado de dentro, para evitar reflexos.

Nikon AF-S Nikkor 14-24mm f/2.8G ED

Os anéis de operação são de metal. Perto da câmera fica o zoom com gravações próximas de 14mm, 15mm e 16mm; e até os 24mm o espaço triplica. Na frente, antes do hood, o anel de foco manual é generoso, fácil de encontrar quando a câmera está a altura dos olhos. No meio a janelinha de distância é pequena com marcações em pés e metros. E ao redor dela temos a name plate com os logos da Nikon, modelo da lente e o grande “N” do nano coating. Um único botão controla o foco M/A ou M. O sistema SWM IF (internal focus) é silencioso e extremamente rápido, numa classe diferente de outras Nikkor que já vimos no vlog. Todo o caminho do infinito até o mínimo 0.28m é percorrido num instante e o anel manual pode ser operado no modo automático.

Nikon AF-S Nikkor 14-24mm f/2.8G ED

O mount de metal completa a construção robusta da AF-S 14-24mm f/2.8G ED. Ele tem um anel de borracha que impede água e poeira de entrar na câmera, assim como outras vedações no restante das peças. Uma coisa que até agora não falamos é a compatibilidade nativa com filtros. Isto porque simplesmente não há! Na frente o hood não tem rosca para os circulares e atrás não tem espaço para géis. A única maneira de usá-los é improvisar com kits caríssimos quadrados que ficam na frente, e com certeza a maior reclamação no design desta lente.


QUALIDADE DE IMAGEM

“Gothic” com a D800E em f/2.8 1/45 ISO400 @ 14mm.

“Gothic” com a D800E em f/2.8 1/45 ISO400 @ 14mm.

O desempenho óptico da Nikon AF-S Nikkor 14-24mm f/2.8G é soberbo: ultrapassa a resolução da maioria dos sensores atuais; o nível de contraste em qualquer abertura é perfeito (pretos realmente pretos); as cores são saturadas; e o CA lateral é absolutamente bem controlado. Vinheta e distorção geométrica estão lá mas colaboram com a personalidade. Seria um crime reclamar de qualquer aspecto das imagens, que são perfeitas inclusive nas DSLRs novas de 36MP.

“/\” com a D800E em f/2.8 1/90 ISO400 14mm.

“/\” com a D800E em f/2.8 1/90 ISO400 14mm. Raw disponível para patrons.

Crop 100%, centro com ótima resolução em f/2.8…

Crop 100%, centro com ótima resolução em f/2.8…

Crop 100%, centro-baixo continua muito bom; CA lateral é mínimo em áreas de contraste.

Crop 100%, centro-baixo continua muito bom; CA lateral é mínimo em áreas de contraste.

Em f/2.8 a diferença na nitidez do centro até as bordas do quadro é mínima, e os problemas de suavidade são mais pela profundidade de campo curta do que falta de resolução. Pixel peepers poderão ver sinais de astigmatismo em focos de luz a noite nos cantos; eles formam “bolhas” no lugar de pontos precisos. Mas é tão pequeno que não vale como argumento contra a lente.


“Parlamento” com a D800E em f/2.8 1/90 ISO400 @ 14mm.

“Parlamento” com a D800E em f/2.8 1/90 ISO400 @ 14mm.

Crop 100%, sinais mínimos de astigmatismo nas bordas, em pontos de luz.

Crop 100%, sinais mínimos de astigmatismo nas bordas, em pontos de luz.

“Grand Central” com a D800E em f/2.8 1/90 ISO800 @ 15mm.

“Grand Central” com a D800E em f/2.8 1/90 ISO800 @ 15mm.

Crop 100%, note o astigmatismo nos letreiros “track”.

Crop 100%, note o astigmatismo nos letreiros “track”.

“Passagem” com a D800E em f/2.8 1/45 ISO200 @ 14mm.

“Passagem” com a D800E em f/2.8 1/45 ISO200 @ 14mm. Raw disponível para patrons.

“Hall” com a D800E em f/2.8 1/45 ISO400 @ 14mm.

“Hall” com a D800E em f/2.8 1/45 ISO400 @ 14mm. Raw disponível para patrons.

Crop 100%, nitidez impecável nos contornos do centro.

Crop 100%, nitidez impecável nos contornos do centro.

“Archs” com a D800E em f/2.8 1/45 ISO400 @ 14mm.

“Archs” com a D800E em f/2.8 1/45 ISO400 @ 14mm.

Crop 100%, detalhes estão no quadro todo.

Crop 100%, detalhes estão no quadro todo.

“Coney” com a D800E em f/4 1/90 ISO100 @ 14mm.

“Coney” com a D800E em f/4 1/90 ISO100 @ 14mm. Raw disponível para patrons.

Fechando até f/5.6 atingimos uniformidade máxima na definição das fotos. São absolutamente todos os detalhes que o sensor de 36MP da Nikon D800E exige e um passo além de outras lentes deste tipo. A 14-24mm f/2.8G realmente faz a diferença para quem trabalha com impressões gigantes, ela simplesmente revela mais informações do que as rivais.


“upline” com a D800E em f/6.7 1/500 ISO100 @ 14mm; composições inusitadas que só funcionam no ultra grande angular.

“upline” com a D800E em f/6.7 1/500 ISO100 @ 14mm; composições inusitadas que só funcionam no ultra grande angular.

Crop 100%, canto inferior direito; é muita resolução!

Crop 100%, canto inferior direito; é muita resolução!

Crop 100%, canto inferior esquerdo, CA é pequeno até no sensor de 36MP.

Crop 100%, canto inferior esquerdo, CA é pequeno até no sensor de 36MP.

“St-Bryant” com a D800E em f/6.7 1/350 ISO100 @ 14mm.

“St-Bryant” com a D800E em f/6.7 1/350 ISO100 @ 14mm.

Crop 100%, resolução é tão alta que causa aliasing em câmeras sem os efeitos do filtro low pass.

Crop 100%, resolução é tão alta que causa aliasing em câmeras sem os efeitos do filtro low pass.

“Vanderbilt” com a D800E em f/6.7 1/500 ISO100 @ 24mm.

“Vanderbilt” com a D800E em f/6.7 1/500 ISO100 @ 24mm. Raw disponível para patrons.

Crop 100%, resolução só é limitada pelo sensor do tipo bayer.

Crop 100%, resolução só é limitada pelo sensor do tipo bayer.

“Janela” com a D800E em f/6.7 1/20 ISO400 @ 14mm, resistência a flaring é boa graças ao nano crystal coat.

“Janela” com a D800E em f/6.7 1/20 ISO400 @ 14mm, resistência a flaring é boa graças ao nano crystal coat. Raw disponível para patrons.

Cores e contraste também são perfeitos. Demorou para eu me apaixonar pela ciência de cores da Nikon, mas valeu a pena adicionar no kit. Elas não são tão vibrantes quando a Canon e por isto parecem mais reais, definidas e variadas. Os arquivos podem receber ajustes substanciais no pós-processamento com qualidade máxima quando a ideia for seduzir os olhos pelas cores. Distorção geométrica é presente e grosseira em 14mm (+4%) mas até os 24mm ela vai sumindo. É fácil de corrigir via software por ser uniforme no ultra grande angular. Todos os softwares da Adobe tem o perfil para resolver o problema num só clique, e as câmeras Nikon D também corrigem bem.

“Wonder Wheel” com a D800E em f/6.7 1/1000 ISO100 @ 20mm.

“Wonder Wheel” com a D800E em f/6.7 1/1000 ISO100 @ 20mm.

“Polar Bear” com a D800E em f/19 1/15 ISO100 @ 15mm.

“Polar Bear” com a D800E em f/19 1/15 ISO100 @ 15mm.

“Coaster” com a D800E em f/22 1/15 ISO100 @ 14mm, distorção geométrica ao redor do quadro.

“Coaster” com a D800E em f/22 1/15 ISO100 @ 14mm, distorção geométrica ao redor do quadro.

VEREDICTO

“Stillwell” com a D800E em f/4 1/90 ISO100 @ 14mm.

“Stillwell” com a D800E em f/4 1/90 ISO100 @ 14mm.

A Nikon AF-S 14-24mm f/2.8G ED é o topo da linha Nikkor em grande angular e atende os fotógrafos FX que precisam de qualidade de imagem máxima. E este grupo é seleto: profissionais de arquitetura de interiores, exteriores, e foto jornalistas. A construção é impecável e do tipo “pau pra toda obra”, a minha usada parece nova. O projeto óptico é ousado e entrega desempenho espetacular, exclusivo, diferenciado. Não é uma lente para qualquer um e nem precisa ser. Os que nem notam os defeitos das outras lentes não apreciarão tanta excelência. Mas quem precisa do melhor, tem esta opção UWA definitiva. Quem tem Canon, se contente com o f/4. Chora, EF!