Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

Ultra wide angle zoom rejoice!

Agosto/2014 – A EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM é uma de duas novas grande angulares que a Canon anunciou em 2014. Enquanto a 10-18 atende sensores APS-C num kit de baixo custo, a outra EF 16-35mm f/4L IS USM é high end e vai até o full frame; estendendo a lista de opções para fotógrafos do mount EF. A novidade aqui é o preço baixo em apenas US$299, metade do valor da antiga (mas ainda no lineup) EF-S 10-22mm f/3.5-4.5 USM (US$649), que o modelo novo não substitui. A construção é diferente e a 10-22mm é 2/3 mais luminosa. Mas a 10-18 perde muito em relação a versão anterior, ou é uma nova pedida para o grande angular? Vamos descobrir. (english)


CONSTRUÇÃO E OPERAÇÃO

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM lens

Em 7.4 x 7.2 cm de 240g, a EF-S 10-18mm é a ultra grande angular zoom mais leve do mercado. “Mais” que é um advérbio comum do modelo: é a mais compacta (74mm de comprimento) e mais barata na classe (US$299). Isto porque a Canon deixou de fora materiais teoricamente nobres na construção e o corpo é todinho de plástico. Notem que isto não quer dizer “mal construída”, muito pelo contrário. Os tubos são precisos e nada balança no corpo. É aquela velha história do “projeto moderno”; estamos em 2014 e fica difícil fabricar alguma “porcaria” hoje em dia. Se bem cuidada, ela poderá aguentar anos de operação, seja no mercado profissional quanto no amador.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM lens

A operação é simples com dois anéis e dois botões. O anel maior é o de zoom que vai suavemente dos 10mm aos 18mm. O tubo interno expande nas duas direções, e só fica completamente fechado em 14mm. Mas o elemento frontal não mexe e suporta filtros como polarizadores/ graduados de ø67mm sem problemas. Na frente o anel de foco manual é do tipo fly-by-wire como todas lentes “STM”, a conexão não é física e depende de eletricidade da câmera para funcionar. Pelo menos o movimento é absolutamente silencioso e perfeito para vídeos com foco automático continuo. Só senti falta da janela de distância porque é difícil notar a mudança do foco no grande angular.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM lens

O foco automático é super preciso na minha cópia + EOS M. De todas as quase 200 fotos do teste, só uma está fora de foco e acho que por culpa da câmera. O sistema também suporta o full time manual e não precisamos mexer o botão de AF/MF quando quisermos usar o manual. Ele não vai ganhar nenhum prêmio de velocidade, mas pelo menos não atrasará as fotos. É a principal vantagem da EF-S 10-22mm com motor USM, bem mais rápido e esperto. Se você fotografa ação e esportes, como jornalismo e skate, talvez faça mais sentido investir na antiga USM.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM lens

Já estabilizador é de última geração e “segura” a composição no lugar em até 4 stops. Muita gente acha desnecessário o IS nas grandes angulares mas eu tenho de discordar. Ele ajuda demais em situações de pouca luz e na minha opinião toda lente deveria vir com ele, independente da distância focal. E considerando o tamanho e peso desta zoom, fica bem claro que o recurso não interfere tanto no projeto. Enfim, toda lente deveria ter. A Canon recomenda desligá-lo quando a câmera está montada num tripé porque esta EF-S não tem a função de detectá-lo sozinho

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Suburban” em f/6.7 1/4 ISO100 @ 18mm; IS segurou a composição no lugar para evitar borrões.

Crop 100%, nitidez impecável em pouca luz por causa do estabilizador e ISO100.

Crop 100%, nitidez impecável em pouca luz por causa do estabilizador e ISO100.

No geral a EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM surpreende pelo overlap da distância focal sobre a EF-S 10-22mm, mas não pelos recursos. O foco automático é novo e suave, perfeito para gravações de vídeo nas EOS com foco Dual Pixel ou híbrido. O estabilizador é muito bem vindo para todas as situações, seja em pouca luz para manter o ISO baixo, e, de novo, para vídeos sem estabilizadores a parte. É e não é um upgrade ao ultra grande angular APS-C, que perde na construção mas ganha e muito nas funções. Como veremos nas imagens, pelo menos ela está na frente também na óptica.


QUALIDADE DE IMAGEM

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“High Line Park” em f/4.5 1/30 ISO100 @ 13mm; composição típica do grande angular.

Vocês sabem que eu não sou fã da Canon no grande angular porque as lentes deles são muito caras para o que entregam opticamente. Por isto eu apoio o “quanto mais barato, melhor”, como por exemplo a EF 17-40mm f/4L USM sobre a EF 16-35mm f/2.8L II USM. As duas são medíocres, então pra quê pagar mais caro? Mas a tecnologia tem avançado e a Canon finalmente embarcou com qualidade no grande angular. E as novas EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM e (tenho lido) a EF 16-35mm f/4L IS USM são novos padrões para quem usa Canon. Até que enfim!

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Grand Central 2” em f/4.5 1/30 ISO800 @ 10mm; composições dramáticas com linhas arquitetônicas, marca registrada do ultra grande angular.

Com um projeto exótico 14 elementos em 11 grupos, mesmo totalmente aberta a resolução do cento as bordas é excelente na 10-18mm. Não vou usar o termo “absolutamente impecável” porque conheço coisas melhores (como AF-S 14-24mm f/2.8G ou a prime EF 14mm f/2.8L II USM). Mas para o preço a 10-18mm é uma campeã. Nas lentes para o APS-C é “normal” a qualidade melhorar pouco fechando além da máxima, já que os sensores das digitais sofrem com difração logo em f/5.6. Então os arquivos não tem tantos defeitos visíveis na abertura máxima, e exigem pouquíssima correção via software sobre distorção geométrica e CA lateral.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Vitral” em f/5.6 1/45 ISO100 @ 18mm; distorção geométrica zero e ótima resolução totalmente aberta. Original disponível para patrons.

Crop 100%, centro impecável.

Crop 100%, centro impecável.

Crop 100%, bordas não ficam muito longe em resolução.

Crop 100%, bordas não ficam muito longe em resolução.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Jamaica” em f/4.5 1/15 ISO800 @ 10mm. Original disponível para patrons.

Crop 100%, lente supera a resolução do sensor gerando moiré em linhas repetitivas.

Crop 100%, lente supera a resolução do sensor gerando moiré em linhas repetitivas.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Jamaica 2” em f/4.5 1/45 ISO100 @ 10mm. Original disponível para patrons.

Crop 100%, todos os detalhes estão lá mesmo em f/4.5, o máximo em 10mm.

Crop 100%, todos os detalhes estão lá mesmo em f/4.5, o máximo em 10mm.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Meatpacking” em f/6.7 1/45 ISO100 @ 18mm; equiv. aos 28mm é perfeito para fotografia de rua. Original disponível para patrons.

Crop 100%, dá para ler as vitrines lá longe com tanta resolução.

Crop 100%, dá para ler as vitrines lá longe com tanta resolução.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Botânico” em f/8 1/60 ISO100 @ 18mm.

Crop 100%, o nível de detalhes espanta num projeto low cost.

Crop 100%, o nível de detalhes espanta num projeto low cost.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Planta” em f/5.6 1/125 ISO800 @ 10mm; não deixe de se aproximar dos objetos para conseguir as melhores composições no grande angular.

Crop 100%, desconheço quem precise de mais nitidez que isso para impressões gigantes.

Crop 100%, desconheço quem precise de mais nitidez que isso para impressões gigantes.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Skyline” em f/6.7 1/180 ISO100 @ 10mm.

Crop 100%, note no moiré no centro do quadro, resolução impressionante.

Crop 100%, note no moiré no centro do quadro, resolução impressionante.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Mato” em f/8 1/60 ISO100 @ 10mm; texturas ficam super definidas com tanta profundidade de campo. Original disponível para patrons.

Crop 100%, já falei da altíssima resolução? Excelente.

Crop 100%, já falei da altíssima resolução? Excelente.

Distorção geométrica é espantosamente bem controlada. Eu jurava que a EOS M corrigia digitalmente as linhas arquitetônicas nas imagens da EF-S 10-18mm, mas o firmware desta máquina nem tem o perfil da objetiva. Ou seja, a qualidade óptica é direto do equipamento e bem diferente de outras lentes Canon. Sim, podemos ver barrel no grande angular nas bordas direita e esquerda; mas em cima e embaixo, é tudo bem controlado em 10mm; invisível em 14mm; e ignorável em 18mm. É praticamente perfeito e bem melhor que por exemplo as mirrorless, que sofrem no grande angular e a curta distância flange entre mount e sensor.


Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Tecate” em f/4.5 1/8 ISO400 @ 10mm; distorção geométrica invisível exceto um pouco nas bordas.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Dream” em f/6.7 1/250 ISO400 @ 10mm; composição fácil com o grande angular.

Crop 100%, resolução e detalhes estão todos lá.

Crop 100%, resolução e detalhes estão todos lá.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Cloisters” em f/4.5 1/15 ISO100 @ 10mm.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“High Line 2” em f/5.6 1/45 ISO800 @ 10mm.

Já o CA lateral é um exemplo “moderno” das novas objetivas. Os fabricantes sabem que isto pode ser facilmente corrigido via software então eles focam em outros problemas ópticos, como resolução. Então a nitidez é excelente no quadro todo apesar dela mostrar um pouquinho de CA inclusive no centro do quadro. De qualquer maneira, ele é bem menos notável que QUALQUER outra zoom (e até prime) ultra grande angular Canon que eu já usei (ainda não usei a 16-35mm f/4L IS USM) e coloca esta EF-S como uma das minhas favoritas da linha: low cost, high quality.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“701” em f/6.7 1/60 ISO400 @ 10mm; arquivos sem correção, que ainda não está no firmware da EOS M. Original disponível para patrons.

Crop 100%, sinais leves de CA lateral e alta resolução, primeira vez numa zoom da Canon.

Crop 100%, sinais leves de CA lateral e alta resolução, primeira vez numa zoom da Canon.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“LIRR” em f/4.5 1/90 ISO400 @ 10mm; distorção geométrica NULA.

Crop 100%, CA lateral nas bordas é muito pequeno.

Crop 100%, CA lateral nas bordas é muito pequeno.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Apple” em f/5.6 1/125 ISO100 @ 18mm; os prédios não ficam “redondos” como em outras lentes. Original disponível para patrons.

Crop 100%: direita com correção via software do CA lateral.

Crop 100%: direita com correção via software do CA lateral.

Vinheta é visível em grande angular e dá personalidade as imagens em abertura máxima. Não chega nem a -2 stops e qualquer software corrige isto compensando com um pouquinho de ruído. E o bokeh… Bom, ninguém compra uma ultra grande angular pelo bokeh. Mas diz a Canon que a abertura com sete lâminas permanece redonda até f/8 e, na distância mínima de foco, é possível desfocar o fundo em 18mm. Pode ser útil para mostrar detalhes dos sujeitos, junto do ambiente.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Flores” em f/5.6 1/250 ISO100 @ 18mm; foco mínimo de 0.22m permite desfocar o fundo.

Crop 100%, nitidez cai um pouquinho mas detalhes estão lá; projeto não é float.

Crop 100%, nitidez cai um pouquinho mas detalhes estão lá; projeto não é float.

Canon EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM

“Flores 2” em f/5.6 1/250 ISO800 @ 10mm; preferia que esta foto não tivesse a profundidade de campo curta. Original disponível para patrons.

Crop 100%, nível de contraste é sempre excelente.

Crop 100%, nível de contraste é sempre excelente.

VEREDICTO

Enfim um artigo direto porque não há muito o que dizer sobre a EF-S 10-18mm f/4.5-5.6 IS STM: ela é simplesmente fantástica! Sem dúvidas ficará no meu kit porque a qualidade de imagem totalmente aberta é melhor que a antiga EF-S 10-22mm. É uma ótima companhia para kits de entrada com outra lente low cost “18-alguma coisa”, e aposto que até alguns profissionais não verão problema nos resultados que ela entrega. Finalmente, parabéns para a Canon. Não precisamos mais babar na Nikon para imagens grande angulares de alta qualidade. Por US$299, é obrigatória para o kit de quem quer experimentar com a composição. E boas fotos!